Blog

Cinco hábitos que podem deixar o seu cabelo oleoso

Você sempre reclama do cabelo oleoso? Saiba que a oleosidade em excesso pode não ser uma característica natural dos fios. O cabelo muito oleoso também pode ser resultado de algumas atitudes cotidianas, que você faz sem perceber e acaba prejudicando os fios e o couro cabeludo.

 

A boa notícia é que com os cuidados certos, você pode reverter esse quadro e recuperar cabelos saudáveis e um couro cabeludo normal. Atenção na temperatura do banho e na escolha do shampoo são alguns pontos cruciais, mas há mais. Separamos os hábitos que podem estar causando o excesso de oleosidade nos seus cabelos para você acabar de vez com o problema. Confira!

 

1) LAVAR O CABELO TODOS OS DIAS

Lavar a cabeça mais do que se deve é uma tentativa falha de combater a oleosidade. Exagerar no shampoo acaba retirando grande parte da oleosidade natural do couro cabeludo, ocasionando o efeito rebote, quando o corpo produz ainda mais óleo para substituir o que foi retirado. Então, reduzir as lavagens para dia sim, dia não é a melhor forma de amenizar a oleosidade do couro cabeludo.

 

Uma vez que as madeixas são lavadas, as glândulas sudoríparas e ceráceas voltam a trabalhar para repor os aspectos que foram retirados, por isso, quanto mais lavagens, mais oleosidade será produzida. Outra solução é utilizar um shampoo de limpeza profunda. Esse produto retira o acúmulo de substâncias presas aos fios, o que influencia muito no excesso de produção de oleosidade do couro cabeludo.

 

2) PASSAR A MÃO NO CABELO O TEMPO TODO

É extremamente difícil se controlar para não mexer nos cabelos o tempo todo. Para quem tem franja, cabelo comprido ou apenas está em um dia de bad hair day, esta tentação é quase impossível de resistir. Porém, exagerar no gesto de mexer no cabelo é uma das grandes causas da oleosidade nos fios. Ao tocar nos cabelos você transfere toda a sujeira e oleosidade das mãos para os fios e para o couro cabeludo. Por isso, você deve evitar ao máximo tocar o tempo todo nos cabelos. Penteados podem ajudar a controlar o impulso e ainda mantêm os fios em ordem.

 

3) DORMIR COM OS CABELOS MOLHADOS

Dormir com o cabelo molhado é um grande causador da oleosidade nos fios. O motivo? Quando você dorme com os fios ainda úmidos, eles ficam abafados no travesseiro, o que pode ocasionar a proliferação de fungos e bactérias no couro cabeludo. Isso que pode causar uma produção de oleosidade em excesso e caspa no couro cabeludo. Por isso, lave os cabelos apenas em horários em que é possível secá-los completamente antes de dormir. Combinado?

 

4) USAR O SHAMPOO ERRADO OU DA FORMA ERRADA

Escolher o produto certo para o seu tipo de cabelo é essencial para manter a beleza e saúde dos fios. Se você tem cabelos oleosos, por exemplo, invista em uma linha específica para tratar o problema. Utilizar produtos que não são indicados para o seu tipo de cabelo podem acabar prejudicando ainda mais a saúde dos fios. Outro problema comum é exagerar na quantidade do shampoo para que o produto faça muita espuma, acreditando que assim o cabelo fica mais limpo. Isso é um mito. Aplicar a quantidade equivalente a uma moeda de um real já é o suficiente e, se você quiser, pode repetir a aplicação. O segredo é espalhar e massagear bem o produto em todo o couro cabelo – e não no comprimento dos fios.

 

5) EXAGERAR NO CONDICIONADOR OU NA MÁSCARA DE HIDRATAÇÃO

Cabelos oleosos também precisam de hidratação. Entretanto, a aplicação em excesso pode pesar no cabelo e deixá-lo com um aspecto oleoso aparência suja. Produtos hidratantes costumam possuir óleos na composição e o uso em excesso deixar a raiz dos fios com aspecto oleoso. Por isso, a aplicação de produtos de hidratação e tratamento devem ser feitas do comprimento às pontas, evitando a raiz. Controle a quantidade: uma moeda de cinquenta centavos é o suficiente para cabelos médios. Dobre a quantidade para cabelos longos ou grossos.