Blog

Cabelo curto, médio ou longo? Descubra o melhor comprimento para você

Quando o assunto é corte de cabelo, não existe certo e errado. Cada um é livre para experimentar os modelos que mais gostar e criar visuais únicos para combinar com seu estilo pessoal. No entanto, diante de tantas possibilidades, pode ser difícil escolher entre o cabelo longo, médio e curto. Por isso, vale a pena conversar com um profissional de confiança para conhecer as melhores opções para você.

 

Se você já tem um corte em mente, basta marcar um horário no salão. No entanto, se está na dúvida e não aguenta mas optar por modelos que não valorizam a sua beleza, alguns fatores podem te ajudar a decidir. Reunimos tudo que você precisa saber para nunca mais se arrepender de um corte de cabelo. Confira!

 

CABELO COM VOLUME: O CORTE CERTO PODE MUDAR A SUA VIDA

Um fator que deve ser levado em consideração na hora de escolher um corte é o volume. Ele é um dos elementos mais decisivos nesse momento porque o corte errado pode fazer os fios armarem e perderem a forma. O melhor modelo para cabelos volumosos é o corte em camadas, que ajuda a distribuir o peso e harmonizar o visual. Também é uma boa ideia manter o comprimento mais alongado, terminando entre os ombros e os seios. Assim, a gravidade ajuda a pesar as madeixas para baixo, diminuindo o volume.

 

CABELO FINO: PROCURE UM BOM CORTE PARA DAR VOLUME

Se o seu objetivo é justamente dar mais volume e presença ao cabelo fino, priorize modelos médios e curtos. O comprimento reduzido deixa os fios mais leves, fazendo com que fiquem mais encorpados naturalmente. Modelos repicados são ideais para quem quer adotar um visual mais moderno e despojado. Se você segue um estilo mais sofisticado e minimalista, o blunt cut é uma excelente opção, já que as linhas retas dão peso aos fios e valorizam o cabelo com pouco volume.

 

OBSERVE O FORMATO DO ROSTO PARA ENCONTRAR O MELHOR CORTE

O formato do rosto pode fazer muita diferença no resultado do corte, então vale a pena ficar de olho nos traços que gostaria de destacar e nos que gostaria de amenizar. Rostos redondos, por exemplo, combinam com cortes mais alongados, médios ou compridos. Se quiser apostar no cabelo curto, opte pelo pixie cut alongado; o volume no topo da cabeça proporciona equilíbrio ao visual. Para rostos quadrados, o ideal é evitar cortes que terminem na altura do queixo, já que podem evidenciar o maxilar marcado. Para rostos compridos e ovais, o cabelo com volume na lateral é a melhor opção para harmonizar os traços.

 

DICA DE OURO: A MANUTENÇÃO FAZ TODA A DIFERENÇA NO CORTE DE CABELO

Por fim, uma questão que faz toda a diferença no resultado do corte é a manutenção diária do modelo. No salão de beleza, o profissional finaliza o corte modelando os fios. No dia a dia, pode ser difícil manter a mesma rotina de styling. Por isso, é fundamental conversar com o cabeleireiro sobre a sua disponibilidade de tempo para cuidar do cabelo no cotidiano. É necessário realizar um diagnóstico completo com a cliente para fazer um corte com muita precisão, exatamente como ela quer e de uma maneira que ela consiga manter.